O MERCADO DE TRABALHO COMO CAMPO MISSIONÁRIO

Graça e Paz querido (a) leitor (a)

“Quando entendemos que somos Agentes do Reino na Terra, onde pisar a planta dos nossos pés, ali é território que precisamos conquistar para expandir o Reino de Deus. O local de trabalho é um vasto campo missionário de implantação da cultura do Reino.” Apóstolo Igor Vilcinskas Jr.

 

Você já pensou em fazer do seu negócio um campo missionário?

Felizmente com o passar dos anos e com as mudanças que vem acontecendo houve um aumento considerável em relação ao interesse em missão no mercado de trabalho e isso tem me deixado muito feliz.
Missão é essencialmente uma atividade humana realizada em resposta ao amor divino com o dever de realizar a grande missão. Na verdade, missão começa não com a ação humana, mas com o envio do próprio Deus. O termo “missão” vem da palavra latina “missio” que significa “envio”. Até recentemente ela era usada de maneira exclusiva para a missão de Deus.

David Bosch diz: “Missão significa o anúncio do senhorio de Cristo sobre toda a realidade e em um convite para a submissão a Ele.”

 

NEGÓCIOS – UMA ARENA PARA O TESTEMUNHO INDIVIDUAL
Reflita…

Em II Crônicas – O Rei Salomão e todo os povo de Israel foram adorar a Deus no altar de bronze, que havia sido feito por Bezalel, filho de Uri e neto de Hur, estava em frente da Tenda Sagrada. Ali, no altar de bronze, Salomão ofereceu a Deus em sacrifício mil animais, que foram completamente queimados. Naquela noite Deus apareceu a Salomão e perguntou:
– O que você quer que eu lhe dê?
Ele respondeu: – Tu sempre mostraste um grande amor por Davi, o meu pai, e deixaste que eu ficasse como rei no lugar dele. E agora, ó Deus cumpre a promessa que fizeste ao meu pai.
Já que me fizeste rei de um povo tão numeroso como o pó da terra, dá me sabedoria e conhecimento para que eu possa governá-lo.
Se não for assim, como poderei governar este teu grande povo?
Deus disse a Salomão:
– Visto que você pediu sabedoria e conhecimento para governar o meu povo, de quem eu fiz você rei, em vez de pedir riquezas, bens, ou honras, ou a morte dos seus inimigos, ou vida longa, eu lhe darei sabedoria e conhecimento. E lhe darei também mais riquezas, bens e honras do que outro rei teve antes de você ou terá depois.

O mercado de trabalho é um campo missionário, uma arena em que o crente pode, de modo apropriado, compartilhar a fé. Essa é a dimensão da proclamação. Somos chamados para anunciar a palavra de Deus e as boas-novas do reino no mercado de trabalho bem como qualquer lugar. Todo cristão é chamado para declarar as grandezas de Deus (1Pedro 2.9-10). O mercado de trabalho pode ser sim um campo missionário basta você querer e buscar isso!

É estimado que os cristãos norte-americanos passa em média 88 mil horas da sua vida no seu local de trabalho. Pense um pouco nos milhões de crentes que nunca conseguirão cruzar uma fronteira internacional, mas que passarão a maior parte das suas horas ativas no local de trabalho. O comércio leva o homem de negócios a ter contato com pessoas que nunca adentrariam uma igreja.

 

Estamos servindo a Deus e aos propósitos divinos no mercado de trabalho enquanto exercemos nossos talentos, criamos comunidades e servimos ao próximo através de bens e serviços. Ter a visão do mercado de trabalho como “campo missionário” serve para construir a fé comunitária, em relação ao mercado de trabalho como a “missão”.

Seja você a pessoa equipada para trabalhar na expansão do Reino no mercado de trabalho!

 

  • Próximo tema “Motivação para o mundo dos negócios.”

Beijos, Mell

 

 

Comentários

Comentários